Sintomas do TDAH no adulto

Sintomas do TDAH no adulto

Uma característica marcante do Transtorno do Déficit de Atenção é sua alta taxa de comorbidade, de associação com outras doenças. Em crianças, calcula-se que mais da metade dos casos ocorrem acompanhados de outros transtornos. Em adultos, estima-se que esse índice seja ainda maior. Na infância, as comorbidades mais comuns são os distúrbios de aprendizado, do comportamento, os transtornos ansiosos (ansiedade, fobias, TOC, panico), transtornos depressivos, e tiques. Em adolescentes, além desses transtornos citados, surge o abuso de drogas.

Em adultos são também comuns os transtornos ansiosos, os transtornos depressivos, o abuso de drogas (incluindo o álcool e tranqüilizantes), transtornos do apetite e do sono. A depressão bipolar pode estar também associada ao TDAH. Existe um aumento da taxa de acidentes com crianças como fraturas, traumatismos.

Confira os 10 sintomas mais comuns em adultos com déficit de atenção:

Os critérios diagnósticos convencionalmente utilizados para TDAH, incluindo os sintomas mais comuns, foram desenvolvidos com base na forma como ele aparece nas crianças. Estes sintomas incluem esquecimento excessivo, desatenção, bem como uma incapacidade de se sentar quieto, constantemente se mexendo. No adulto, os sintomas do déficit de atenção e hiperatividade  se manifestam de maneira diferente, mais sutil. Isto pode tornar mais difícil reconhecer e diagnosticar TDAH adulto.

Sintoma n º 1: Problemas Com a Organização
Para as pessoas com TDAH, o aumento das responsabilidades da idade adulta – trabalho, contas a pagar, e as crianças, para citar alguns – pode dar problemas com a organização mais importantes e mais nocivas do que na infância. Embora alguns sintomas TDAH são mais irritantes para as outras pessoas do que para a pessoa com o problema, a desorganização é frequentemente identificado por adultos com TDAH como um grande aspecto do seu impacto na qualidade de vida.

Sintoma n º 2: Dirigir carro destraidamente – Acidentes de Trânsito
No TDAH no adulto torna difícil manter a sua atenção em uma tarefa, para passar o tempo ao volante de um carro pode ser difícil. Devido a isto,o  TDAH pode tornar algumas pessoas mais susceptíveis a acidentes de trânsito, e até perder a sua licença de motorista, sem falar as multas e pontos na carteira.

Sintoma n º 3: problemas conjugais
Muitas pessoas sem TDAH têm problemas conjugais, naturalmente, um casamento conturbado não deve ser visto como um sinal de alerta para  adultos com TDAH. Mas existem alguns problemas que tornam particularmente susceptíveis as pessoas com TDAH de terem seus relacionamentos atrapalhados. Muitas vezes, os parceiros de pessoas diagnosticadas com TDAH veem o seu conjuge com dificuldades de escutarem pedidos feitos e até uma incapacidade de honrar compromissos, fica como um sinal de que seu parceiro não se importa. Se você é a pessoa que sofre de TDAH, você pode não entender por que seu parceiro está chateado, e você pode sentir-se culpado por algo que não é sua culpa.

Sintoma n º 4: Distração Extrema
O Déficit de Atenção e hiperatividade é um problema com a regulação da atenção, na forma adulta do TDAH, a pessoa pode ter difículdade grande em focar, gerando uma distratibilidade muito grande. A distração pode levar a uma história de baixa performance na carreira, especialmente em cargos de alta competitividade. Se você tem TDAH, você pode descobrir que telefonemas ou e-mails, ruídos, qualquer solicitação externa afetam a sua atenção, o que torna difícil para você para terminar de fazer alguma coisa. É comum ver pessoas com déficit de atenção que começam as coisas e nunca terminam

Sintoma n º 5: Dificuldade em Ouvir
Você viaja no pensamento durante as longas reuniões? Será que seu marido esqueçe de pegar seu filho na escola, mesmo que você ligou para lembrá-lo disto? Problemas com atenção resultar em má compreensão oral, em muitos adultos com TDAH, o que conduz a uma série de mal-entendidos.

Sintoma n º 6: Inquietação, Problemas para Relaxar
Embora muitas crianças com TDAH são “hiperativas”, este sintoma freqüentemente aparece diferentemente TDAH em adultos. Os adultos com TDAH estão mais propensos a apresentar agitação ou achar que não podem relaxar. Se você tem TDAH, outros podem te descrever como uma pessoa nervosa ou tensa.

Sintoma n º 7: problemas ao iniciar uma tarefa
Assim como as crianças com TDAH frequentemente adiam o início da realização da lição de casa, as pessoas com TDAH no adulto frequentemente se arrastam ao iniciar tarefas que exigem muita atenção. Esta procrastinação agrava muitas vezes os problemas já existentes, incluindo desavenças conjugais, problemas trabalho, e problemas com os amigos.

Sintoma n º 8: Atraso Crônico
Existem muitas razões para adultos com déficit de atenção e hiperatividade serem geralmente atrasadas nos compromissos. Primeiro, eles são muitas vezes distraídas no caminho até um evento, talvez percebendo que o carro precisa ser lavado e, em seguida, percebendo que eles estão com pouca gasolina, e antes que eles percebam que já passou uma hora. Pessoas com TDAH também tendem a subestimar o tempo que leva para finalizar uma tarefa, se é uma tarefa importante no trabalho ou uma simples tarefa de casa.

Sintoma n º 9: Ímpetos de raiva
O TDAH freqüentemente leva a problemas com o controle das emoções. Muitos adultos com TDAH são explosivos com pequenas questões, tem o chamado pavio curto. Muitas vezes, a pessoa com TDAH sente como se eles não têm controle sobre suas emoções. Muitas vezes, a sua raiva aparece mais rapidamente que a capacidade em controlá-la.

Sintoma n º 10: Prioridade nas Coisas
O déficit de atenção pode causar dificuldades no planejamento das ações. As pessoas adultas com TDAH tem dificuldade em priorizar as obrigações mais importantes a cumprir, como o término de um trabalho, enquanto gasta inúmeras horas em algo insignificante, como um vídeo game.

  1. Karina vivian reis

    Olá,
    Tenho 30 anos e sou uma paciente pós bariátrica, a cirurgia foi realizada em maio de 2005,quando criança, em geral não tinha dificuldades na realizaçãoes de tarefas escolares, Sou graduada em odontolgia , e de um tempo para cá estou sentindo muita diferença na minha memória principalmente a memória recente, relatei ao meu clínico geral e ele disse ser normal pela rotina do dia dia, pórem me encomoda, gostaria de saber se existe algo relacionado e se a medicação Concerta poderia ser utizada para esse defict??/
    atenciosamente e aguardo retorno
    Karina Reis

  2. Olá,

    tenho 23 anos, graduada em fisioterapia e atualmente faço especialização na em engenharia de produção, me formei com ótimas notas, entretanto tive muita dificuldade nas provas práticas e seminários, pois é como se minha memória recente não funionasse bem, tive que estudar muitooooo e tentar decorar constantemente as coisas. Geralmente consigo enteder qualquer coisa com facilidade mas tenho dificuldade de reproduzir o conhecimento adquirido e por diversas fezes apesar de entender bem esqueço o que li. Meu amigos reclamam do quanto sou desatenta, ” sonhadora”…Sou muito insegura com tudo…me cobro muito nos estudos, estou me sentindo sufocada. Não consigo dirigir sempre, pois começo a pensar em coisas e me concetro nisso. Preciso de um discernimento. Me ajude!

  3. Olá,,
    Tenho 32 anos, estava pesquisando sobre meus sintomas, acabei acessando esse site, parecia mais com uma “Revelação de Deus, do que um assunto médico”, te tanto que me identifiquei t com essa patologia, senti como se tivesse alguém falando da minha vida. Desde de criança sofro com hiperatividade,depois de anos percebi que isso continuava em minha vida, faço uso de psicotrópicos, como ansiolítico e anti depressivos, mas acho que não estou sendo tratado adequadamente, não vejo evolução no tratamento. Acredito que o “Buraco é mais em baixo.” , praticamente quase todos sintomas do TDAH eu sinto.

    Gostaria de saber o valor de um tratamento com o Sr. ou com alguém de sua confiança, para saber se conseguiria pagar por isso.

    Daniel H. Faria

  4. Sou mto distraida e qdo li mentes inquietas vi que tenho todos os sintomas e todos em casa q leram falam que o liro me descreve, inclusive eu. Mas 2 psquiatras acham que tenho TBH. Já li sobre a diferen;ca, mas não consigo diferenciar direito, será comorbidade? Me sinto tdha e não tbh … Existe algum exame ou quesytionario especifico q me ajude a definir … SOFRO nos trabalhos por distraçao, perco trabalhos por isso …! Estou tomando RITALINA LA, graças a meu tio pq estes psiquiatras incapacitados me receitam estabilizadore sde humor que pra mim são como farinha, não resolvem nda!!!! Mas corcombinado tenho TAS, mas nao gostaria de voltar a tomar antidepressivo pq tira a libido … Oq fazer hein? Será que este site servirá para eu ter alguma ba resposta, já que médicos não tem … Já passei em muitos e eles não resolvem, JÁ TOMEI varios antidepressivos e eles tiram a libido … Quem poderá me ajudar?

  5. olá, tenho 32 anos
    Sou formada em educaçao fisica, comecei duas pós e nao terminei por nao conseguir ficar sentada, e muita falta de concentraçao. Nao consigo me expressar direito com meus alunos pq falo muito rapido e enrrolado. Minha aluna me falou sobre TDAH, e realmente tenho muitos desses sintomas q me atrapalham muito. Nao tenho computador, nao consigo ler livros e muito menos sentar em um bar. Gostaria de saber se aceita convenio, ou indicaçao de sua confiança. obrigada

  6. TENHO UM FILHO QUE FOI DIAGNOSTICADO TDAH,FEZ TRATAMENTO COM RITALINA,JÁ TEM ALGUMS MESES QUE ELE NÃO FAZ USO AO RÉMEDIO,ESTOU PREOCUPADA,POIS O MÉDICO DELE DISSE QUE ELE PRECISA DE UM PSIQUIATRA PARA AJUDA-LO.ELE É MUITO IMPULSSIVO E AGRESSIVO.ELE PRECISA DE AJUDA.MAS NA REDE PÚBLICA NÃO ESTOU CONSEGUINDO MARCAR.MORO DF,SE PUDEREM ME DAR INFORMAÇÕES FICAREI AGRADECIDA.ME AJUDEM!
    OBRIGADA1
    RITA GLAUCIA

  7. VALDEMIR MOREIRA BARBOZA

    TENHO 38 ANOS, CASADO, BIOLOGO E PEDAGOGO.
    SEMPRE FUI MT ANCIOSO, DIFICULDADE DE ME CONCENTRAR, ENFIM, QUASE TDS OS SINTOMAS AKI DESCRITO EU TENHO.

    O Q REALMENTE DEVP FAZER.

    ABRAÇO

  8. Tenho um filho de 22 anos, que tem TDAH, preciso de especialista em Belo Horizonte. Favor informar.

  9. Tenho 21 anos, moro no interior da Bahia, estava pesquisando sobre meus sintomas, acabei acessando esse site, parecia mais com uma “Revelação de Deus, do que um assunto médico”, te tanto que me identifiquei com essa patologia, senti como se tivesse alguém falando da minha vida. Desde de criança sofro com hiperatividade, depois de anos percebi que isso continuava em minha vida, faço uso de psicotrópicos, como ansiolítico e anti depressivos, mas acho que não estou sendo tratado adequadamente, não vejo evolução no tratamento. Acredito que o “Buraco é mais em baixo.” , praticamente quase todos sintomas do TDAH eu sinto.
    Gostaria de saber o valor de um tratamento?, com alguém de sua confiança.

  10. Bom galera meu nome é Lennon, e posso dizer que sou o famoso cobaia de remedios de tdh, bom tenho tdh deis de criança, fiz um teste que comprovo isso, esses tempos, eu sempre fui o mais vuado, agitado, desconcentrado, etc.. eu não sabia o porque deu ter tanta dificuldade em tudo, não conseguir focar, ser sempre o pior em tudo que fazia e o mais lento. tenho todos os sintomas, incluindo o esquecimento. TODOS. enfim descobri ano passado, e vou dizer pra voces até hoje não consegui aprender nada, nem divisão eu sei com 17 anos .. e eu fui até o primeiro colegial . a minha era profunda demais, e nunca consegui acabar curso NENHUM. por eu não ter forçado estudar e ter relachado ela apenas piorou foi igual um tumor aumentando e ela é assim quanto mais tu fica parado mais se fica mais lerdo, mais esqueçido, então imagina 17 anos perdido foi um baque, hoje tomo tres remedios, incluindo depressão que ela faz voce ter, não me sinto concentrado, até porque 17 anos não recupera ne um dia, minha cabeça chego ne um grau complicado demais, mais uma dica, o ritalina pra mim foi o melhor. concentro deixou eu focado , pena que comigo, COMIGO . deu efeito colateral, desencadio nervozo e tals, mais com muitos não acontece, devia ter tentado tomar algum ant depressivo, mais de todos remedios que eu já tentei, ACREDITEM MUITOs, para TDH. ritalina o melhor. me senti normal uma vez na vida, 😀

    • Valeu Lennon, eu também fiquei assim até os 21 anos, depois comecei a estudar passei num concurso, fiz faculdade, e sou pós-graduado em Direito. Agora, com 34 anos, acabei de descobrir que sou TDA, até para descobrir isso eu fui lento, rsrs.

  11. Aline Fabia Rego

    acabei de descobrir q tenho tdah pesquisando para justificar o do meu filho ,achei esse site,como posso me tratar em salvador pois nao tenho muiot recurso.ele tem plano de saude eu nao.

  12. olá, acho que meu marido tem esses sintomas, e eu sofro muito com isso, gostaria de saber algumas dicas de como lidar com pessoas que tem tdah, sei que fora o tratamento da pessoa com tdah eu também preciso agir de forma diferente, por isso gostaria de saber algumas dicas.
    obrigada

  13. Considero todos que comentaram aqui como irmãos de guerra. Confrades de sofrimento. Vítimas de um male congênito.

    Após todos os medicamentos tentados, de anti-depressivos a anfetaminas, digo que minha desatenção prevalece. Não vejo evolução no tratamento, como um dos internautas postou. Tenho extrema dificuldade em matemática, como outro comentou. Hoje peguei num volante pela primeira vez, jamais me encontrei tão desnorteado…

    A Fé é minha maior arma. A Fé, é claro, aliada à boa ciência. No entanto, esta, até o presente momento, trouxe pouca prosperidade…

    Grandes abraços.

  14. Eu possuo todos estes sintomas. Estou a ser medicada com um estabilizador de humor e à noite clonazepam para dormir. Gostei das informações do seu site, Dr. Muito obrigada. Cumprimentos.

  15. Tenho 31 anos. Descobri aos 26 anos (já formada na faculdade) que tinha déficit de atenção. Sofri minha vida TODA com os sintomas do déficit de atenção, desde a 1ª série do 1º grau (nos anos 80 ninguém falava disso… eu mesma nem sabia da existência desse problema), me apelidavam de “fora do ar”. Hoje entendo um pouco melhor porque ajo da forma que ajo e porque as pessoas tidas como “normais” parecem tão mais ágeis que eu.
    Tomo Ritalina desde que descobri meu déficit de atenção e esse medicamento tem me ajudado muito até então. Contudo, minha memória recente anda cada vez pior. Tenho ficado preocupada com isso e inclusive marquei médicos neurologistas para relatar esse problema. Pelo que andei pesquisando a perda da memória recente nada tem a ver com o medicamento que estou tomando, mas vamos ver o que os médicos especialistas têm a dizer sobre isso.

  16. ricardo zocatelli

    eu leio algo entendo, mas logo esqueço , que fazer

  17. Ola, me chamo Paula tenho 26 anos, desde criança não consigo aprender matemática, sou muito inquieta, as vezes meu marido fala que sou muito lesada. Sera que sofro de TDAH?

  18. Alexandra Nogueira dos Santos

    Olá tenho 38 anos,sou empregada doméstica,e sou muito esquecida,perco demais as coisas principalmente os utensílios de trabalho,nao consigo trabalhar sem bagunçar e minha patroa reclama muito,pois ate colocar cloro na geladeira e proucurá-lo para usar ja aconteceu e mutas das vezes minha patroa achava q era de propósito,mas n,é puro esquecimento,ate q ela entrou na internet e proucurou esquecimento e conheceu os sintomas daTDAH,quando chego em casa n consigo relachar acho que sempre vou perder tempo se eu para.Nao tomo nenhum medicamento pois achava q era normal e tambem sou uma pessoa muito explosiva. Gostaria de saber uma opinião se isso pode ser concretizado como TDAH? e qual seria o tratamento? obrigada.

  19. Achei meu problema!!!
    Estou ciente dele e quero tratamento
    Chega de pessoas falando que sou inresponsavél que não quero nada com a vida ou doente tenho uma doença, um transtorno.
    Não quero tomar remedios que me deixem dopados ou com leseira.
    Vou procurar um médico e me tratar.
    Graças a “Deus” e o destino achei esse site.

  20. Vânia Marcelino dos Santos

    Olá,
    Depois de alguns anos de sofrimento, agora acredito saber qual o meu problema, a falta de memória investigada com inumeros exames sofisticasdos, tratada com antidepressivo, sem resultados, e o problema da desantenção, falta de concentração, adiamento das tarefas de maxima importância, até hoje ainda não consegui cuncluir a segunda graduação sendo que pelo tempo já era para estar finalizando uma pós. Sendo que a 1ª faculdade desisti achando que não me identifiquei com o curso, ilusão, minha vida sem se complicando cada dia mais, recentimente desisti de dirigi por medo de causar um acidente mais grave, pois já ocorreu um e sei que o que agravou o mesmo foi minha desatenção, estou desesperada a procura de um profissional para me consultar, moro em madre de Deus-Ba, e preciso de um profissional para me tratar em salvador, poderiam me indicar alguns? Pessoal, felismento ou infelismento descobri que o problema que me atinge e bem mais comum do que imginava, o que é preciso agora e um maior numero de profissionais para tratar esse trasnstorno.

  21. Sofrimento diário, é assim que defino esta “doença”. Vivemos em um mundo onde tudo se rotula e mesmo que você tenha plena capacidade os vinte minutos de atraso fazem com que te vejam como um incompetente, minha boa índole tem me ajudado a passar por cima de muita coisa, mas confesso não é fácil…

  22. Já faz alguns anos, tenho apresentado esses sintomas.
    A maioria das pessoas diz ser normal a gente se tornar esquecida com a idade, principalmente, quando se sofre de depressão.
    Mas, há toda uma sintomatologia associada que não se enquadrava em nenhuma doença conhecida.
    Ao ler esse artigo, entendi que eu não tenho uma doença comum mas, TDAH.
    Agora, faz todo o sentido esses meus sintomas.
    Para ser sincera, deixei de dirigir, tenho receio de viajar sozinha e esquecer compromissos importantes.Tenho notado que está difícil administrar sozinha a minha desorganização, minha dificuldade em relaxar e falta de prioridades.O pior, é esquecer algo tão importante como uma conta de internet ou TV por assinatura(isto já aconteceu e me causou muita dor de cabeça).
    Fico muito grata por ter identificado o meu problema, que, aliás, é neurológico, tal como a depressão.
    Vou providenciar tratamento urgente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: